RS: mercado de frango inicia agosto com negócios acomodados, diz Agência Safras

RS: mercado de frango inicia agosto com negócios acomodados, diz Agência Safras

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Rate this article:
No rating

Porto Alegre/RS

O mercado brasileiro de frango iniciou o mês de agosto com negócios acomodados e preços estáveis para o quilo vivo em relação à semana passada. Para o analista de Safras & Mercado, Fernando Iglesias, a expectativa é de que possa haver um avanço das cotações no curto prazo, considerando a demanda mais aquecida na primeira quinzena do mês, com o recebimento de salários por parte da população, somado à comemoração do Dia dos Pais.

Os preços dos cortes de frango congelado também não tiveram alterações na comparação com a semana passada. O quilo do peito na distribuição ficou em R$ 4,55, o quilo da coxa em R$ 3,55 e o quilo da asa em R$ 5,30. No atacado, o quilo do peito continuou em R$ 4,35, o quilo da coxa em R$ 3,35 e o quilo da asa em R$ 5,00.

Nos cortes resfriados, o preço do quilo peito na distribuição seguiu em R$ 4,65, o quilo da coxa em R$ 3,55 e o quilo da asa em R$ 5,60. No atacado, o preço do quilo do peito continuou em R$ 4,45, o quilo da coxa em R$ 3,45 e o quilo da asa em R$ 5,40.

A boa notícia da semana foi o resultado das exportações em julho, que apontou recuperação. “Esse movimento sinaliza uma expectativa de bons negócios também para agosto”, comenta Iglesias. De acordo com dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (Abpa), as exportações de carne de frango totalizaram 385 mil toneladas em julho, número que supera em 6,2% o total embarcado no mesmo período do ano passado, com 362,4 mil toneladas. É o primeiro saldo mensal positivo desde os equívocos ocorridos na divulgação da Operação Carne Fraca, ocorrida em março deste ano.

O resultado do mês também foi positivo em receita cambial.  Ao todo, foram obtidos US$ 619,2 milhões, saldo 2,7% superior aos US$ 603 milhões registrados em julho de 2016.

No acumulado do ano (janeiro-julho), o setor registra alta de 5,4% na receita cambial, com US$ 4,201 bilhões em 2017 - contra US$ 3,987 bilhões dos sete primeiros meses de 2016. Já em volume, houve decréscimo de 4,6%, com 2,506 milhões de toneladas neste ano - em 2016, foram 2,628 milhões de toneladas.

O levantamento semanal realizado por Safras & Mercado nas principais praças de comercialização do Brasil indicou que em Minas Gerais o quilo vivo seguiu em R$ 2,60. Em São Paulo o quilo vivo permaneceu em R$ 2,50.

Na integração catarinense a cotação do frango continuou em R$ 2,25. No oeste do Paraná o preço seguiu em R$ 2,20 na integração. Na integração do Rio Grande do Sul o quilo vivo permaneceu em R$ 2,30.

No Mato Grosso do Sul o preço do quilo vivo do frango continuou em R$ 2,50. Em Goiás o quilo vivo permaneceu em R$ 2,50. No Distrito Federal o quilo vivo se manteve em R$ 2,60.

Em Pernambuco, o quilo vivo seguiu em R$ 2,80. No Ceará a cotação do quilo vivo permaneceu em R$ 2,80 e, no Pará, o quilo vivo continuou em R$ 3,00.


Fonte: Agência Safras 

Number of views (58)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Cotação (máx)
R$ 2,25
Frango/CE
R$ 2,40
Frango/PR *
R$ 2,43
Frango/SC *
R$ 2,45
Frango/RS *
R$ 2,60
Frango/SP *
R$ 76,48
OvoBranco/SP *
R$ 90,31
OvoVermelho/SP *
R$ 58,50
Soja/RS
R$ 61,10
Soja/PR
R$ 61,50
Soja/SC
R$ 27,17
Milho/PR
R$ 29,33
Milho/RS
R$ 29,75
Milho/SC
R$ 29,93
Milho/SP
R$ 3,52
Frango Resfriado/SP *



Powered by BlueServer

O Setor Avícola é um veículo de propriedade do Grupo Agro.

Endereço: Bairro Santa Maria, Rua Curitiba, 727d. CEP 89812150. Chapecó - SC.

Telefone: (49) 3304 - 9240.