RS: mercado de frango chega ao final de julho com preços em alta, diz Agência Safras

RS: mercado de frango chega ao final de julho com preços em alta, diz Agência Safras

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Rate this article:
No rating

Porto Alegre/RS

O mercado brasileiro de frango se aproxima do final de julho registrando um cenário de melhora no preço para o quilo vivo na comparação com o encerramento de junho. De acordo com o analista de Safras & Mercado, Fernando Iglesias, a exceção ficou com o estado de São Paulo, que não conseguiu uma melhora na cotação e os estados do Norte e Nordeste, onde o preço retrocedeu.

Ainda que os preços tenham avançado em boa parte do país, o cenário ainda é de preocupação, uma vez que o setor segue dependente de um bom desempenho das exportações. “As demais proteínas de origem animal, especialmente a carne bovina, tiveram queda nas cotações, ganhando competitividade em relação à carne de frango”, explica.

Iglesias afirma que os preços do frango congelado tiveram aumento na comparação com o final de junho em alguns cortes. O quilo do peito na distribuição subiu de R$ 4,45 para R$ 4,55 e o quilo da coxa de R$ 3,50 para R$ 3,55. Já o quilo da asa baixou de R$ 5,80 para R$ 5,30. No atacado, o quilo do peito passou de R$ 4,25 para R$ 4,35, o quilo da coxa baixou de R$ 3,40 para R$ 3,35 e o quilo da asa teve queda de R$ 5,60 para R$ 5,00.

Nos cortes resfriados, o preço do quilo peito na distribuição subiu de R$ 4,60 para R$ 4,65. Já o quilo da coxa caiu de R$ 3,60 para R$ 3,55 e o quilo da asa retrocedeu de R$ 5,90 para R$ 5,60. No atacado, o preço do quilo do peito avançou de R$ 4,40 para R$ 4,45, enquanto o quilo da coxa baixou de R$ 3,50 para R$ 3,45 e o quilo da asa caiu de R$ 5,75 para R$ 5,40.

O analista ressalta que a atual conjuntura indica que a economia brasileira ainda ensaia uma recuperação, embora seja muito precipitado pensar em expansão da demanda interna. “A recente alta nos preços dos combustíveis é um exemplo, pois tende a encarecer os custos de toda a cadeia produtiva e a elevar os preços ao consumidor final”, comenta.

Iglesias disse que uma boa notícia é a reação dos embarques de carne de frango ao longo do mês. De acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio e Serviços, divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior, as exportações de carne de frango "in natura" do Brasil renderam US$ 402,7 milhões em junho (15 dias úteis), com média diária de US$ 26,8 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 258,3 mil toneladas, com média diária de 17,2 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 1.559,00.

Na comparação com junho, houve alta de 0,5% no valor médio diário exportado, ganho de 5,3% na quantidade média e desvalorização de 4,5% no preço médio. Em relação a julho de 2016, houve alta de 10,4% no valor médio diário da exportação, ganho de 12,5% na quantidade média diária exportada e desvalorização de 1,9% no preço médio.

O levantamento mensal realizado por Safras & Mercado nas principais praças de comercialização do Brasil indicou que em Minas Gerais o quilo vivo se aproxima do final de julho cotado em R$ 2,60, ante os R$ 2,10 praticados no final de junho. Em São Paulo o quilo vivo permaneceu em R$ 2,50.

Na integração catarinense a cotação do frango avançou de R$ 2,05 para R$ 2,25. No oeste do Paraná o preço subiu de R$ 2,00 para R$ 2,20 na integração. Na integração do Rio Grande do Sul o quilo vivo passou de R$ 2,10 para R$ 2,30.

No Mato Grosso do Sul o preço do quilo vivo do frango chega ao final do mês cotado a R$ 2,50, acima dos R$ 2,05 praticados no final de junho. Em Goiás o quilo vivo avançou de R$ 2,05 para R$ 2,50. No Distrito Federal o quilo vivo passou de R$ 2,10 para R$ 2,60.

Em Pernambuco, o quilo vivo baixou de R$ 3,90 para R$ 2,80. No Ceará a cotação do quilo vivo caiu de R$ 3,90 para R$ 2,80 e, no Pará, o quilo vivo retrocedeu de R$ 4,00 para R$ 3,00.
 


Fonte: Agência Safras 

Number of views (87)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Cotação (máx)
R$ 2,25
Frango/CE
R$ 2,50
Frango/PR *
R$ 2,55
Frango/SC *
R$ 2,60
Frango/RS *
R$ 2,70
Frango/SP *
R$ 76,48
OvoBranco/SP *
R$ 90,31
OvoVermelho/SP *
R$ 61,50
Soja/RS
R$ 63,90
Soja/PR
R$ 64,50
Soja/SC
R$ 28,08
Milho/PR
R$ 29,13
Milho/SP
R$ 30,38
Milho/SC
R$ 32,33
Milho/RS
R$ 3,52
Frango Resfriado/SP *



Powered by BlueServer

O Setor Avícola é um veículo de propriedade do Grupo Agro.

Endereço: Bairro Santa Maria, Rua Curitiba, 727d. CEP 89812150. Chapecó - SC.

Telefone: (49) 3304 - 9240.