Produção de ração mundial cresceu 19% nos últimos cinco anos

Produção de ração mundial cresceu 19% nos últimos cinco anos

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Rate this article:
No rating
Pela primeira vez, a produção mundial de ração ultrapassou 1 bilhão de toneladas, aponta pesquisa Alltech Global Feed Survey 2017, que está em sua sexta edição. O setor apresentou crescimento de 3,7% em comparação ao último ano e 19% desde 2012, mesmo diante de uma redução de 7% no número de fábricas de ração. No total, participaram dessa edição da pesquisa mais de 30.000 empresas do setor, localizadas em 141 países.
 
Na América Latina, o Brasil manteve a liderança na produção, enquanto o México superou o crescimento em termos de peso, sendo agora responsável por mais de 20% da produção total da região. No ranking global da pesquisa, a produção brasileira responde por 68,9 milhões de toneladas. Na avaliação do Diretor Comercial da Alltech do Brasil, Clodys Menacho, diante desse resultado o país demonstra a força da indústria nacional e o potencial de crescimento para os próximos anos, principalmente se vier a contar com uma recuperação da economia.
 
“O país é atualmente o maior produtor de ração da América Latina e representa mais de 47% da produção da região. Esses números contam majoritariamente com a demanda gerada pela avicultura e suinocultura. Considerando que o setor tem o respaldo de cerca de 1500 fábricas de ração, há condições de acelerar o crescimento em curto prazo”, destaca Menacho.
 
Segundo o diretor de inovação e vice-presidente de contas corporativas da Alltech, Aidan Connolly, globalmente a produção de ração vem se mostrando muito competitiva. “Essa edição da pesquisa demonstra claramente a crescente eficiência e a consolidação da indústria de ração para animais. Não só a produção total de ração ultrapassou 1 bilhão de toneladas pela primeira vez, como o fez com menos recursos, o que significa maior eficiência e um impacto ambiental menor".
 
No mundo
 
A pesquisa desse ano mostrou que os 30 países principais, classificados por volume de produção, detêm 82% das fábricas de ração do mundo e produzem 86% do total de ração. Os 10 principais países produtores em 2016, por ordem de importância de volume foram China, Estados Unidos, Brasil, México, Espanha, Índia, Rússia, Alemanha, Japão e França. Esses países têm 56% das fábricas de ração do mundo e são responsáveis por 60% da produção total. 
 
Enquanto a Ásia lidera as regiões, a África está aumentando significativamente o seu ritmo e está se destacando como a região que mais cresceu nos últimos cinco anos. O crescimento espetacular desse ano foi de 13% sendo que mais da metade dos países do continente tiveram crescimento. Mais especificamente, Nigéria, Argélia, Tunísia, Quênia e Zâmbia, exibiram um crescimento impressionante, maior do que 30%.
 
"A Alltech Global Feed Survey fornece informações valiosas e uma verificação do estado anual da indústria, na medida em que buscamos alimentar de maneira sustentável uma população em crescimento", disse Connolly.
 
Sobre a Alltech
 
Fundada em 1980 pelo empresário e cientista irlandês, Dr. Pearse Lyons, as soluções da Alltech melhoram a saúde e o desempenho de animais e plantas, por meio da nutrição natural e da inovação científica, utilizando leveduras, nutrigenômica e algas. Com aproximadamente 100 unidades industriais em todo mundo, a Alltech é líder na produção de leveduras e minerais orgânicos, tendo como referência a planta de produção de algas no Kentucky (EUA), modelo existente em apenas mais um lugar no mundo. A empresa segue os princípios da ACE (Animal, Consumer and the Environment) e busca desenvolver soluções seguras para os animais, consumidores e meio ambiente e, para alcançar esse objetivo, conta com uma equipe de mais de 5000 colaboradores.
 
Alltech é a única empresa de capital fechado entre as cinco maiores empresas de saúde animal no mundo, o que confere vantagem competitiva permitindo a empresa se adaptar rapidamente às necessidades emergentes dos clientes e manter o foco na inovação. A sede mundial está localizada em Lexington, Kentucky (EUA), sendo que o Brasil é o segundo maior volume de produção mundial do grupo. A Alltech do Brasil é formada por uma unidade fabril em São Pedro do Ivaí (PR) e por um centro administrativo e planta industrial em Araucária (PR) e uma unidade em Indaiatuba (SP). Mais informações: http://pt.alltech.com/.
 
Fonte: Assessoria de Imprensa Alltech
 

Number of views (341)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Cotação (máx)
R$ 2,25
Frango/CE
R$ 2,40
Frango/PR *
R$ 2,43
Frango/SC *
R$ 2,45
Frango/RS *
R$ 2,60
Frango/SP *
R$ 76,48
OvoBranco/SP *
R$ 90,31
OvoVermelho/SP *
R$ 58,50
Soja/RS
R$ 59,17
Soja/PR
R$ 61,00
Soja/SC
R$ 27,17
Milho/PR
R$ 29,33
Milho/RS
R$ 29,68
Milho/SP
R$ 29,75
Milho/SC
R$ 3,52
Frango Resfriado/SP *



Powered by BlueServer

O Setor Avícola é um veículo de propriedade do Grupo Agro.

Endereço: Bairro Santa Maria, Rua Curitiba, 727d. CEP 89812150. Chapecó - SC.

Telefone: (49) 3304 - 9240.