Operação Carne Fraca afeta preços de milho e soja no país

Operação Carne Fraca afeta preços de milho e soja no país

terça-feira, 4 de abril de 2017

Rate this article:
No rating
A Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, também resvalou no mercado de grãos do país. Os preços de milho e soja - matérias-primas da ração de aves e suínos - já vinham caindo no mercado externo, e a operação gerou insegurança e desestimulou negociações no mercado doméstico. 
 
O milho vinha sofrendo grande pressão em decorrência das previsões de safras abundantes nos principais países produtores e da relação cambial desfavorável ao produto brasileiro, o que desestimula as exportações. Nesse cenário, o mercado doméstico poderia ser um alento para o produtor de grãos brasileiro, mas, após a Operação Carne Fraca, tornou-se vilão em poucos dias.
 
Com a operação da PF, a qualidade das carnes brasileiras foi posta em questão e as grandes indústrias envolvidas na operação - JBS e BRF - praticamente paralisaram as compras de milho no país. Segundo um analista do setor, as duas empresas compram de 35% a 40% da produção brasileira de milho para a fabricação de ração. Segundo o indicador da Esalq/BM&FBovespa, desde que a Carne Fraca foi deflagrada, o milho caiu 13%. 
 
Os receios em relação à demanda de grãos pelo setor de proteínas animais no curto prazo persistem. Na última semana, as cadeias exportadoras de carnes de frango e suína deixaram de exportar US$ 40 milhões, de acordo com cálculo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Mas a tendência é que esse quadro seja revertido à medida que as restrições forem retiradas. China, Egito e Chile, por exemplo, decidiram retomar as compras de carnes do país, mantendo a restrição apenas aos 21 estabelecimentos investigados na operação da Polícia Federal.
 
A pressão no mercado de soja foi menor. "Claro que há uma pressão, cerca de 38% da demanda total por farelo de soja vem do mercado interno", avaliou o pesquisador do Cepea, Lucilio Alves. Ainda que as perdas da última semana no mercado de grãos sejam revertidas, a tendência continua sendo de baixa. "Vimos grande volatilidade na última semana. Mas os fundamentos, tanto para o milho quanto para a soja, são de queda", avaliou o analista do Rabobank Brasil, Renato Rasmussen.
 
Ainda que não seja possível mensurar o efeito no médio prazo em relação à confiança no mercado brasileiro de proteína, a expectativa é de que o impacto não seja duradouro. Relatório recente do banco Pine avalia que as restrições internacionais às carnes brasileiras não devem durar por mais que "um ou dois trimestres" e que a crise de confiança no produto deverá terminar ainda neste ano.
 
 Valor Econômico

Number of views (42)/Comments (0)

Tags:

Please login or register to post comments.

Cotação (máx)
R$ 2,25
Frango/CE
R$ 2,30
Frango/PR *
R$ 2,35
Frango/SC *
R$ 2,40
Frango/RS *
R$ 2,50
Frango/SP *
R$ 76,48
OvoBranco/SP *
R$ 90,31
OvoVermelho/SP *
R$ 53,18
Soja/PR
R$ 53,50
Soja/RS
R$ 57,00
Soja/SC
R$ 25,25
Milho/PR
R$ 26,00
Milho/RS
R$ 26,13
Milho/SC
R$ 26,33
Milho/SP
R$ 3,52
Frango Resfriado/SP *



Powered by BlueServer

O Setor Avícola é um veículo de propriedade do Grupo Agro.

Endereço: Bairro Santa Maria, Rua Curitiba, 727d. CEP 89812150. Chapecó - SC.

Telefone: (49) 3304 - 9240.